Balanço África Code Week 2019: governos e comunidades mobilizaram-se para ensinar as competências digitais aos jovens africanos.

7K9A1172

• SAP, a UNESCO e os parceiros possibilitaram a aprendizagem das bases da programação de computadores em 2019 a favor de mais de 3,85 milhões de jovens.
• Os resultados da edição 2019 demonstram o impacto duradouro da África Code Week nas estratégias de reforço das capacidades pedagógicas e de desenvolvimento das competências digitais decididas pelos governos.
• Vários países africanos incluíram a aprendizagem da computação nos currículos escolares.

JOHANNESBURG, África do Sul, no dia 24 de junho de 2020 -/African Media Agency (AMA)/- África Code Week (ACW) 2019 uma vez mais foi além das expectativas dando a possibilidade a mais de 3,85 milhões de jovens Africanos em 37 países de descobrir sem custos a programação de computadores. Essa quinta edição destacou-se pelo fato que vários países africanos iniciaram a inclusão dessa programação nos currículos escolares. Com esta tendência, é de constatar a crescente influência das iniciativas tais a ACW para preparar a África e suas mais jovens gerações a enfrentar os desafios da Quarta revolução industrial.

“Por serem milhões de pessoas em querer vencer os desafios da aprendizagem das competências digitais, as jovens gerações africanas acabaram de se posicionar para reivindicar seu lugar na economia mundial “, explica Pedro Guerreiro, Director geral de SAP África Oriental, Ocidental e Lusófona.” “No que diz respeito ao ecossistema de parcerias África Code Week, ele está a crescer focado na formação dos professores para criar uma plataforma pedagógica duradoura e construir o futuro do continente revelando os seus numerosos frutos nas décadas seguintes.”

Transformar o ensino para preparar melhor as novas gerações na época do digital.
África Code Week foi lançado em 2015 por SAP e a UNESCO, e tem como objectivo começar a ensinar às crianças entre 8 e 16 anos de idade a programação de computadores com a dupla finalidade da sensibilização em termos de sociedade aos desafios da educação digital e o reforço das competências pedagógicas.

Claire Gillissen-Duval, Directora da Responsabilidade societal de empresa EMEA e fundadora da iniciativa África Code Week para SAP, anota que na edição de 2019, houve uma participação máxima do corpo docente africano. “Com o apoio dos nossos parceiros, pudemos observar a mobilização nos workshops do mês de outubro de 2019, de 39000 professores, com 17500 em Marrocos. Na Nigéria, o impacto de ACW extendeu-se a outros Estados pela colaboração estreita dos governos do Niger e de Taraba, onde os professores puderam acessar à formação pela primeira vez. Finalmente, graças à Fundação DreamOval no Ghana, pessoas jovens com deficiências puderam participar em workshops adaptados, garantindo assim a igualdade de oportunidades para todos.”

Francis Ahene-Affoh, SVP da Fundação DreamOval explica que “a aprendizagem das competências digitais torna possível também o desenvolvimento da criatividade dos mais jovens e a transformação do seu jeito de pensar para vencer os desafios nacionais e internacionais que o futuro vai colocar. Com a iniciativa África Code Week, temos em nossas mãos novas ferramentas para uma educação inclusiva, são potentes ferramentas para que nenhuma criança esteja deixada de lado.”

Transformação da educação e desenvolvimento das competências assumidos pelos governos.
Desde o lançamento em 2015 da iniciativa África Code Week, numerosos países tais como Camarões, o Ghana, Marrocos ou a Tunísia já passaram pela inclusão das competências digitais nos seus respectivos currículos escolares. Para Ahene-Affoh, os esforços desenvolvidos pelo governo do Ghana para a codificação se tornar a quarta base da educação fundamental tiveram seu êxito graças ao ACW entre outros.” Não é de subestimar o impacto da iniciativa nas jovens gerações nem sua forma de animá-los em pensar diferente, ou seja, como inovadoras e em continuar firme na aprendizagem. No decorrer dos últimos cinco anos passados na promoção de ACW por todo lugar no Ghana, pudemos incentivar e dar inspiração a várias crianças, desde o primário, em se preparar ao mercado do trabalho do século XXI.”

Marrocos é outro exemplo de êxito, ali as competências digitais estão definitivamente incluídas nos currículos escolares para milhões de alunos. “Com o papel preponderante desenvolvido por África Code Week, a computação se tornou uma prioridade pedagógica e uma festa para cada escola marroquina.” explica Saaid Amzazi, Ministro marroquino da Educação nacional, da Formação profissional , do Ensino superior e da Pesquisa científica.” A iniciativa contribuiu em escala incomparável, no incentivo da paixão por aprender entre os mais jovens, facilitando ao mesmo tempo o intercâmbio de boas práticas entre os Estados que participam.”

Desta forma, Marrocos ocupa o primeiro lugar na classificação 2019 dos 37 países que participaram com mais de 2,4 milhões de jovens beneficiários entre eles 48% meninas. No início de outubro, o Ministério acolheu também 28 professoras de 15 países africanos nos seus prédios de Rabat para aprofundar em oficina pedagógica com objectivo de compartilhar boas práticas de monitoramento das meninas assim como de estratégias de reforço das capacidades pedagógicas e de acesso às competências digitais para os mais jovens de 8 a 16 anos de idade. Camarões chega no segundo lugar na classificação e destaca as prioridades pedagógicas do governo em termos de competências digitais, com a forte participação dos seus mais jovens e do pessoal docente.

No total, 47% dos participantes na edição de 2019 eram meninas. Moez Chakchouk, Subdirector geral pela Comunicação e pela Informação na UNESCO acha:” África Code Week é um verdadeiro vector de educação equitativa que incentiva as jovens mulheres a ocupar seu lugar na economia digital. A iniciativa, na mesma linha desenvolvida pelo Objectivo de desenvolvimento sustentável 17, mostra como as parcerias público-privado, em escala local e mundial, melhoram o apoio internacional aos programas de reforço das competências pedagógicas, constituindo um modelo de êxito.”

Mais parcerias para maior impacto
ACW é o fruto de uma colaboração estreita entre a UNESCO YouthMobile, Google, Irish Aid, o Ministério federal alemão da Cooperação econômica e do desenvolvimento (BMZ), Jokkolabs e Camden Education Trust, os governos africanos, mais de 130 organizações locais e 120 embaixadores voluntários espalhados pelo continente inteiro.
Google, ao associar-se de novo com SAP em 2019, subvencionou 55 órgãos sem fins lucrativos especializados na iniciação dos jovens às competências digitais em 18 países africanos. Outras associações receberam no ano passado um apoio financeiro de BMZ (16 subsídios em 12 países) e da UNESCO (15 subsídios em 8 países) para incentivar e facilitar o acesso das meninas às atividades ACW.

Para Claire Gillissen-Duval, “As parcerias estratégicas são uma das grandes forças da África Code Week. E graças à ajuda dos nossos parceiros, podemos introduzir um novo capítulo entusiasmante para 2020 e os anos seguintes, passando completamente para o mundo virtual! Esta transformação do programa aumentará o nosso alcance pan-africano para garantir que nenhuma criança ou professor fique para trás e será formalmente anunciada daqui a algumas semanas.”

Além do número de professores e jovens empoderados, os destaques adicionais para 2019 incluem a nova parceria estratégica com Irish Aid, a agência do governo irlandês a favor da ajuda internacional e a participação do Hadi Partovi, empresário de tecnologia e fundador do Code.org num workshop da ACW no Siyafunda Community Technology Centre em Joanesburgo, África do Sul.

Para Pedro Guerreiro, a iniciativa ajuda as novas gerações africanas a preparar-se a um futuro incerto.” Em 2055, o continente africano terá uma população de 455 milhões de jovens. Cabe aos atores -chaves dos setores público e privado unirem suas forças desde agora para pensar novamente e de forma radical a maneira de preparar os jovens a se tornarem plenamente actores da economia digital de amanhã. O impacto de África Code Week no setor da educação na África é um sinal incentivador para o futuro do continente.”

Visite o site da ACW e o infográfico de 2019 para mais informações sobre esta quinta edição. Siga a SAP e a ACW no Twitter em @SAPNews, @SAP4good e @AfricaCodeWeek.

Distribuído pela African Media Agency (AMA) em nome do SAP Africa

A respeito de África Code Week
Desde 2015, SAP África Code Week (ACW) tem criado oportunidades para que os jovens africanos aprendam gratuitamente competências de codificação de computadores e para que os professores sejam formados em currículos de aprendizagem digital. As parcerias entre os setores público, privado e associativo são o pilar fundamental que favorecem a iniciativa de ter impacto pedagógico duradouro: conforme os Objectivos de desenvolvimento sustentável 4, 5 et 17 determinados pelas Nações Unidas, e reforça as capacidades pedagógicas e a inclusão das competênias digitais nos currículos escolares.
No ano 2019 únicamente, os workshops ACW deram a possibilidade a 3,85 milhões de jovens Africanos aprenderem a programação. Um workshop de aprofundamento pedagógico reuniu por outro lado 28 professoras de 15 países africanos como pauta a autonomização das jovens Africanas pela aquisição das competências digitais. Juntem-se a SAP e a seus parceiros no site www.africacodeweek.org

Sobre a SAP
Na qualidade de empresa voltada para tecnologias em nuvem e operacionalizado pelo sistema SAP HANA®, a SAP é líder de mercado em softwares de aplicativos para empresas, ajudando empresas de todos os tamanhos e em todos os sectores: 77% das receitas realizadas em transacções em todo o mundo passa por um sistema SAP. As nossas tecnologias de aprendizagem de máquina, internet das coisas (IoT) e análise avançada ajudam a transformar as empresas de clientes em empresas inteligentes. A SAP proporciona a indivíduos e organizações uma perspectiva profunda do meio empresarial e promove a colaboração que as ajuda a permanecer à frente dos seus concorrentes. Simplificamos a tecnologia para empresas, para que assim possam utilizar os nossos softwares da forma que quiserem – sem interrupções. O nosso pacote completo de aplicativos e serviços permite que mais de 413.000 empresas e clientes públicos operem de forma lucrativa, sempre em adaptação, e que assim façam a diferença. Com uma rede mundial de clientes, parceiros, funcionários e líderes intelectuais, a SAP ajuda o mundo a funcionar melhor e a melhorar a vida das pessoas. Para mais informação, consulte www.sap.com.
# # #
Quaisquer declarações contidas neste documento que não sejam factos históricos são declarações prospectivas, conforme definido na Lei de Reforma de Litígios Privados em matéria de Títulos dos EUA de 1995. Termos como “prever”, “acreditar”, “estimar”, “esperar”, “perspectivar” “pretender”, “poder”, “planear”, “projectar”, “prognosticar”, “deverá” e expressões semelhantes relacionadas à SAP têm o objectivo de identificar tais declarações prospectivas. A SAP não assume nenhuma obrigação de actualizar ou revisar publicamente quaisquer declarações prospectivas. Todas as declarações prospectivas estão sujeitas a vários riscos e incertezas que podem causar diferenças significativas entre resultados e expectativas. Os factores que podem afectar os resultados financeiros futuros da SAP são discutidos em maior pormenor nas declarações da SAP junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), que incluem o relatório anual mais recente da SAP no Formulário 20-F declarado à SEC. Advertimos os leitores a não depositar confiança indevida nas declarações prospectivas, que têm validade apenas a partir das datas de realização.
© 2019 SAP SE. Todos os direitos reservados.
A SAP e outros produtos e serviços da SAP aqui mencionados, bem como os respectivos logótipos, são marcas comerciais ou marcas registadas da SAP SE na Alemanha e em outros países. Consulte https://www.sap.com/copyright para mais informação e indicações sobre marcas registadas.

Nota à redacção:
Para ver e baixar material televisivo e fotografias para a imprensa, consultem www.sap.com/photos. Nesta plataforma, encontrará materiais de alta resolução para canais de comunicação. Para ver peças em vídeo sobre vários tópicos, consulte www.sap-tv.com. A partir deste site, poderá carregar os vídeos nas suas páginas web, partilhar vídeos através de ligações por email, e assinar canais RSS da SAP TV.

Para clientes interessados em saber mais sobre produtos SAP:
Centro Mundial do Consumidor: +49 180 534-34-24
Para os Estados Unidos: 1 (800) 872-1SAP (1-800-872-1727)

Para mais informação, (só para a imprensa):
Delia Sieff, SAP Africa, +27 (11) 235 6000, delia.sieff@sap.com

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on StumbleUpon
Back to news listing