2.3 milhões de jovens africanos aprenderam habilidades digitais durante a Semana Africana do Código 2018

Um forte foco no reforço das capacidades fomenta uma aprendizagem sustentável em todo o continente.

SAP Africa Code Week image 02
JOANESBURGO, África do Sul, 16 Janeiro 2019, -/African Media Agency (AMA)/- A Semana Africana do Código (ACW) 2018 excedeu todas as expectativas ao capacitar 2.3 milhões de jovens em 37 países com habilidades digitais e de codificação – em comparação com 1.3 milhões de jovens em 35 países africanos envolvidos na edição anterior.

Segundo Cathy Smith, Directora-Gerente da SAP Africa, o grande sucesso da Semana Africana do Código é uma chamada de atenção revelando o que a nova geração realmente requer e justamente espera: “os jovens na África não necessitam só de oportunidades: eles necessitam saber como dar os primeiros passos para lá chegar. Eles necessitam de modelos e orientação.”

O reforço das capacidades como fundamento do empoderamento da juventude

Começando por um foco inicial na introdução de competências em codificação para os jovens africanos e na sensibilização para a importância da educação digital, os parceiros chave da ACW focaram e aumentaram os esforços em 2018 para sustentar o impacto do programa através do reforço das capacidades dos governos, escolas e ONGs. Em resultado, cerca de 23,000 professores foram formados com o currículo de aprendizagem digital da ACW durante a preparação para os eventos de Outubro 2018. Impulsionando a Semana Africana do Código para acelerar o reforço das capacidades de TIC ao nível nacional desde 2015, o Marrocos destacou-se mais uma vez este ano com um recorde de 5,208 professores formados durante o ano 2018. A Tunísia e a Nigéria seguiram com respectivamente 2,800 e 2,553 professores formados este ano.

“Só há uma maneira de oferecer as promessas da Quarta Revolução Industrial à nova geração; através dum ponto de referência, e esse ponto de referência é o professor,” diz Davide Storti, Coordenador da Iniciativa YouthMobile no Departamento de Sociedades de Conhecimento da UNESCO. “Esperamos promover o diálogo com os governos, a fim de podermos transformar as sólidas parcerias e laços criados por e em volta da Semana Africana do Código em programas a longo-prazo para manter o entusiasmo em volta da aprendizagem do século 21.”

Empenho das partes interessadas em rápido crescimento

Lançado em 2015 pelo departamento de Responsabilidade Social Empresarial da SAP para a EMEA, a ACW é uma iniciativa premiada que ocorre todos os anos no mês de Outubro. De momento é activamente apoiada pelos parceiros chave UNESCO YouthMobile, Google, o Ministério Federal de Cooperação Econômica e Desenvolvimento da Alemanha (BMZ), o Cape Town Science Centre, o Camden Education Trust, 28 governos africanos, mais de 130 parceiros de execução e 120 embaixadores em todo o continente.

Segundo Alexandra van der Ploeg, Chefe da Responsabilidade Social Empresarial Global na SAP, “fomentar sólidas parcerias com um forte foco no reforço das capacidades é um dos pontos fortes da Semana Africana do Código, e um fundamento enquanto empenha-se não só para apoiar o Objectivo de Desenvolvimento Sustentável 4 da ONU (‘Garantir uma educação de qualidade e inclusiva para todos’), mas também o ODS 17 que tem como objectivo ‘fortalecer e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável’. Esta quarta edição teve a colaboração sem precedente das nossas partes interessadas no sector público e privado, bem como das ONGs, para formar mais professores e alcançar mais jovens do que nunca,” diz ela.

Apoiando a Semana Africana do Código pelo terceiro ano consecutivo, Google expandiu a sua atribuição de subvenções a fim de apoiar mais organizações nos seus esforços para inspirar uma nova geração de trabalhadores digitais africanos. Em 2018, as micro-subvenções do Google foram atribuídas a 53 organizações sem fins lucrativos para facilitar formações de professores e seminários de codificação tanto em regiões urbanas como rurais, permitindo que mais de 100,000 jovens em 11 países fossem expostos a competências de computação (CS) e codificação – 57% das quais foram raparigas.

Capacitar as raparigas, alcançar os que não foram alcançados

Mais de 46% dos 2.3 milhões de participantes deste ano eram femininos, reflectindo um enorme apetite para o desenvolvimento de competências digitais da parte das raparigas africanas. Subvenções dedicadas foram ofertas pelo parceiro chave BMZ, que tem apoiado a ACW desde 2016 como parte da iniciativa #eSkills4Girls. Este ano, BMZ atribuiu 20 subvenções a organizações em 15 países emergentes e em desenvolvimento, introduzindo 13,791 raparigas a competências digitais e perspectivas de emprego. A SAP colaborou além disso com a UNESCO e BMZ/GIZ para fortalecer a componente do género no pacote Formar-o-Professor (Train-the-Teacher) para a Semana Africana do Código.

“A representação feminina nas empresas africanas em campos relacionados com STEM encontra-se actualmente apenas em 30%, requerendo fortes parcerias públicas-privadas para começar a inverter a tendência e criar oportunidades mais equitativas para a juventude africana contribuir para o desenvolvimento económico e sucesso do continente,” conclui Sunil Geness, Director das Relações Governamentais e Responsabilidade Social Empresarial na SAP Africa e Coordenador Geral da ACW 2018.

Outros parceiros uniram forças este ano para alcançar os jovens com necessidades especiais ou que vivem em áreas remotas. No Botsuana por exemplo, mais de 150 crianças puderam tocar num computador e codificar pela primeira vez usando dispositivos alimentados por energia solar. A empresa mineira e parceiro da SAP Debswana adaptou o seu próprio programa de responsabilidade social empresarial à Semana Africana do Código, envolvendo 1,181 crianças na sua Mina de Orapa. No Moçambique, os voluntários da ACW uniram forças com a INAGE e Mapal para formar professores de escolas para necessidades especiais, que por sua vez foram capazes de introduzir competências de codificação a centenas de estudantes com deficiência auditiva. Outro destaque veio dos Camarões, onde sessões Formar-o-Professor foram organizadas em Outubro de 2018 para professores com deficiência visual no CMPJ de Yaounde.

Para mais informações sobre os resultados da Semana Africana do Código 2018, por favor visitar https://africacodeweek.org/past-editions/2018-results/. Para mais informações sobre SAP Africa, visitar o Centro de Novidades da SAP. Ou seguir a SAP e a Semana Africana do Código no Twitter em @sapnews e @africacodeweek

Distribuído pela African Media Agency (AMA) em nome do SAP Africa

Sobre a Semana Africana da Programação
Protagonizada pelo gabinete de Responsabilidade Social da SAP (Europa, Médio Oriente e África) em 2015, no âmbito dos seus investimentos sociais para impulsionar o crescimento sustentável em África, a Africa Code Week é uma iniciativa de desenvolvimento de competências digitais que beneficiou 4 milhões de jovens africanos em 37 países até à data. Parcerias robustas com os sectores público, privado e sem fins lucrativos são a força motriz por trás dos ambiciosos objectivos da iniciativa de construir capacidade comunitária no ensino das TIC em todo o continente, capacitando mais de 70.000 professores e com um efeito positivo nas vidas de 2 milhões de jovens africanos até 2020. Apoiado activamente pelos principais parceiros como a UNESCO YouthMobile, a Google e o Ministério Federal Alemão para Cooperação Económica e Desenvolvimento (BMZ), 28 governos africanos, mais de 150 parceiros e 120 embaixadores em todo o continente, a Africa Code Week está a impulsionar o impacto do ensino sustentável para ajudar a suprir o fosso digital e no que diz respeito a competências no contexto do género em África. A quarta edição da Semana Africana da Programação decorre ao longo do mês de Outubro de 2018, com milhares de oficinas gratuitas voltadas para o ensino digital organizadas para jovens dos 8 aos 17 anos em 36 países. Associe-se à SAP e os seus parceiros; consulte www.africacodeweek.org para mais informação.

Sobre a SAP
Na qualidade de empresa voltada para tecnologias em nuvem e operacionalizado pelo sistema SAP HANA®, a SAP é líder de mercado em softwares de aplicativos para empresas, ajudando empresas de todos os tamanhos e em todos os sectores: 77% das receitas realizadas em transacções em todo o mundo passa por um sistema SAP. As nossas tecnologias de aprendizagem de máquina, internet das coisas (IoT) e análise avançada ajudam a transformar as empresas de clientes em empresas inteligentes. A SAP proporciona a indivíduos e organizações uma perspectiva profunda do meio empresarial e promove a colaboração que as ajuda a permanecer à frente dos seus concorrentes. Simplificamos a tecnologia para empresas, para que assim possam utilizar os nossos softwares da forma que quiserem – sem interrupções. O nosso pacote completo de aplicativos e serviços permite que mais de 413.000 empresas e clientes públicos operem de forma lucrativa, sempre em adaptação, e que assim façam a diferença. Com uma rede mundial de clientes, parceiros, funcionários e líderes intelectuais, a SAP ajuda o mundo a funcionar melhor e a melhorar a vida das pessoas. Para mais informação, consulte www.sap.com.
# # #
Quaisquer declarações contidas neste documento que não sejam factos históricos são declarações prospectivas, conforme definido na Lei de Reforma de Litígios Privados em matéria de Títulos dos EUA de 1995. Termos como “prever”, “acreditar”, “estimar”, “esperar”, “perspectivar” “pretender”, “poder”, “planear”, “projectar”, “prognosticar”, “deverá” e expressões semelhantes relacionadas à SAP têm o objectivo de identificar tais declarações prospectivas. A SAP não assume nenhuma obrigação de actualizar ou revisar publicamente quaisquer declarações prospectivas. Todas as declarações prospectivas estão sujeitas a vários riscos e incertezas que podem causar diferenças significativas entre resultados e expectativas. Os factores que podem afectar os resultados financeiros futuros da SAP são discutidos em maior pormenor nas declarações da SAP junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), que incluem o relatório anual mais recente da SAP no Formulário 20-F declarado à SEC. Advertimos os leitores a não depositar confiança indevida nas declarações prospectivas, que têm validade apenas a partir das datas de realização.
© 2019 SAP SE. Todos os direitos reservados.
A SAP e outros produtos e serviços da SAP aqui mencionados, bem como os respectivos logótipos, são marcas comerciais ou marcas registadas da SAP SE na Alemanha e em outros países. Consulte https://www.sap.com/copyright para mais informação e indicações sobre marcas registadas.

Nota à redacção:
Para ver e baixar material televisivo e fotografias para a imprensa, consultem www.sap.com/photos. Nesta plataforma, encontrará materiais de alta resolução para canais de comunicação. Para ver peças em vídeo sobre vários tópicos, consulte www.sap-tv.com. A partir deste site, poderá carregar os vídeos nas suas páginas web, partilhar vídeos através de ligações por email, e assinar canais RSS da SAP TV.

Para clientes interessados em saber mais sobre produtos SAP:
Centro Mundial do Consumidor: +49 180 534-34-24
Para os Estados Unidos: 1 (800) 872-1SAP (1-800-872-1727)

Para mais informação, (só para a imprensa):
Adam Hunter, Chefe, Assessoria de Imprensa, SAP Africa +27 11 787 035, adam.hunter@sap.com (CAT)

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on StumbleUpon
Back to news listing